Roteiro Pelas Vinícolas da Serra Gaúcha

A A A

O programa principal de quem vai a Bento Gonçalves é visitar as vinícolas da região. Afinal, nem só de chimarrão vivem os gaúchos, rs.

A maioria das vinícolas da serra gaúcha fica no Vale dos Vinhedos, a cerca de 5km de Bento Gonçalves, como é o caso da Casa Valduga, Marco Luigi e Miolo. Bento Gonçalves, por sua vez, fica a 120km de Porto Alegre e também a 120km de Gramado. O Vale fica localizado entre os municípios de Bento Gonçalves, GaribaldiMonte Belo do Sul.

Foto de algumas vinícolas da Serra Gaúcha

Esse é um roteiro que oferece opções para o melhor do enoturismo brasileiro. O Vale representa um legado deixado pelos imigrantes italianos que chegaram à Serra Gaúcha no século XIX.

Foto do pórtico de Bento Gonçalves em formato de tonel de vinho

Pórtico de Bento Gonçalves

O Vale dos Vinhedos foi a primeira região do Brasil a ser reconhecida como Indicação Geográfica, em 2002, e foi reconhecido como Denominação de Origem em 2012, o que significa dizer que os produtos devem obedecer a regras mais específicas com relação ao cultivo da uva e à elaboração do vinho.

Ao longo da rota são mais de trinta vinícolas, que ficam abertas à visitação durante o ano todo. As visitas podem ser pagas ou não, dependendo da vinícola, e normalmente oferecem degustação.

Complementando a oferta turística, pousadas, hotéis, restaurantes, ateliês de arte, lojas de queijos, geleias e doces estão distribuídas na região. Passear por essa rota lembra bastante a Toscana, região da Itália.

Os dados abaixo foram atualizados em agosto de 2016. De qualquer forma, para evitar aborrecimentos é sempre bom verificar se houve alguma alteração.

Já sabe onde se hospedar? Faça sua reserva aqui!

O Uma Volta e Meia faz parte do programa de afiliados do Booking, Rental Cars e Seguros Promo. Dessa forma, se você reservar a sua hospedagem, carro ou contratar seu seguro viagem através dos links e banners do blog, como estes abaixo, nós receberemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog e a torná-lo sempre atualizado. 🙂



Booking.com

 

Quer contratar um seguro viagem e ainda ganhar 5% de desconto? Basta usar o código abaixo!



Banner 2

Cave de Pedra

Foto da fachada da Cave de Pedra
Foto das videiras de diferentes tipos de uva na Cave de Pedra
Arrow
Arrow
Slider

Visitação: R$30,00

Horário de funcionamento:

Segunda à sexta-feira: das 9:30 às 18:00
Sábados e feriados: das 09:30 às 18:00
Domingos: das 09:30 às 17:00

Para grupos acima de 15 pessoas é necessário agendar.

Contato

Site: http://www.cavedepedra.com.br/

Telefone: (54) 3459-1267

E-mail: cavedepedra@cavedepedra.com.br

Como Chegar

Endereço: Linha Leopoldina, 315, Vale dos Vinhedos

Chandon

Foto da fachada da Chandon
Foto da cede da Chandon
Foto da vinícula da Chandon
Arrow
Arrow
Slider

Infelizmente, não conseguimos visitar a Chandon quando estivemos no Vale dos Vinhedos. Por lá, as visitas devem ser pré-agendadas por e-mail ou telefone. Bom, lição aprendida, fica para a próxima…

Pelo que ficamos sabendo, o tour segue o “padrão” do Vale: Um tour pela adega, onde são dadas as informações sobre o processo de produção dos vinhos, acompanhado de uma degustação dos produtos.

Horário de funcionamento da loja:

Segunda a sexta-feira: das 8:30 às 11:30 e das 13:30 às 17:00

Sábado das 9:30 às 11:30 e das 13:30 às 15:30

Contato

Site: http://www.chandon.com.br/

Telefone: (54) 3388-4400

E-mail: visitas@chandon.com.br

Como Chegar

Endereço: Rodovia BR 470 – s/n (Km 224)

Domno

Fomos muito bem atendidos pelo Marcelo Neves e ficamos muito satisfeitos com a visita e suas explicações.

Foto da fachada da Domno
Foto da produção da Domno
Foto da loja da Domno
Arrow
Arrow
Slider

Para a visitação é cobrada uma taxa de R$20,00 e, além do tour, os visitantes recebem uma taça personalizada.

Horário de funcionamento: Segunda a sábado das 9:30 às 17:00, com visitações entre 9:30 e 16:00.

Capacidade máxima de 15 pessoas por passeio.

Contato

Site: http://www.domno.com.br/

Telefone: (54) 2105-3122

E-mail: domno@domno.com.br

Como Chegar

EndereçoRodovia BR 470 – s/n – km 224

Marco Luigi

Foto da fachada da Marco Luigi
Foto do interior da Marco Luigi 01
Foto do interior da Marco Luigi 02
Arrow
Arrow
Slider

Visitação: R$10,00

Horário de funcionamento para visitação:

Segunda a sábado – das 10:00 às 17:00

Domingo das 10:00 às 16:00

Para grupos acima de 10 pessoas é necessário o agendamento.

Contato

Site: http://marcoluigi.com.br/

Telefone: (54) 2621-1100

E-mail: marcoluigi@marcoluigi.com.br

Como Chegar

EndereçoVale dos Vinhedos, s/nº 8º Distrito

Miolo

Foto da fachada da Miolo

Entrada da Miolo

A Miolo oferece um mini curso de degustação pelo valor de R$60,00. Desse valor, R$ 5,00 são revertidos para a compra de rótulos do grupo. Durante o curso, é feita a visita à vinícola acompanhada por um enólogo, são passadas também noções de harmonização, análise sensorial e, como não podia deixar de ser, a degustação de vinhos e espumantes Miolo.

Visitação “normal”: R$ 20,00 Desse valor, R$ 5,00 são reembolsados para a compra de vinhos, espumantes e destilados, no varejo da Vinícola.

Horário de Funcionamento do Complexo Enoturístico:

Segunda a sábado das 08:12 às 17:45

Domingos das 10:00 às 16:45

Horários das visitas guiadas:

De segunda a sábado: 09:00; 10:00; 11:00; 12:00; 13:00; 14:00; 15:00; 16:00; 16:30
Domingos: 10:30; 11:30; 12:00; 13:30; 14:30; 15:30

Para grupos acima de 15 pessoas é necessário fazer o agendamento da visita.

Contato

Site: http://www.miolo.com.br/

Telefone: 0800 970 4165

E-mail: visita@miolo.com.br

Como Chegar

Endereço: RS 444 Km 21 – Vale dos Vinhedos

 

Outras Atrações na Região

Na Serra Gaúcha, não deixe de fazer também os seguintes passeios e leia nossos posts sobre eles: Ecoparque Sperry, o Parque do Caracolandar de Maria Fumaçamini-mundotemplo budista Khadro Ling e Vale da Ferradura.



13 respostas para “Roteiro Pelas Vinícolas da Serra Gaúcha”

  1. Que delicia de post! hahaha..
    Eu como sou uma amante de vinhos fiquei morrendo de saudade das vinicolas da Serra Gaúcha. rs
    =*

  2. comerdormirviajar disse:

    O vale dos vinhedos é maravilhoso, um dos melhores lugares no Brasil para se entender a imigração italiana e seus costumes. Adorei o post!

  3. abordodomundo disse:

    Gente, amei. Obrigada pelo post super completo. Facilita.

  4. Adoro o Vale dos Vinhedos! Já estive lá algumas vezes e sempre que posso eu volto! É um destino cheio de roteiros legais pra conhecer. Chegaste a conhecer a Luiz Argenta, em Flores da Cunha? Também vale muito a pena! Beijos

  5. Lulu Freitas disse:

    Ótimo post! super completo. Super parabéns!

  6. Um dos lugares do Brasil que ainda não conheço, mas um dia vou conhecer, boa dica.

  7. Adoro o vale dos vinhedos. Vale muito também só passar o dia passeando por lá, degustando a típica culinária italiana e tirando muitas fotos! 😉

  8. Ótimo post, mas faltou a Casa Valduga. Fiquei hospedada lá e é sensacional. Tão boa que nem visitei as outras kkkk
    Olha o post que fiz de lá http://www.atravessarfronteiras.com.br/2014/05/bento-goncalves-todo-o-vinho-do-mundo/

  9. Adorei o post. As Serras Gauchas são uma delicia!

  10. blogeunomundo disse:

    Muito legal o post… dá até água na boca só de pensar kkk

  11. Andrea disse:

    Eu particularmente adoro passeios por vinicolas, principalmente dos momentos degustacao…rs

  12. Carla disse:

    Adoro visitar vinícolas e estive duas vezes nessa região. Pra quem quiser ir na Chandon e esqueceu a reserva, vale ligar para eles no caminho. Eu tb não havia reservado e não consegui fazer o tour, mas pude participar de uma degustação completa com dicas de harmonização na loja da fábrica! Foi excelente!

  13. Amo vinho e espumante! Fiquei morrendo de vontade. Esse roteiro é um charme!

Deixe seu comentário