Fundação CEU

A A A

Nesse post vamos desmistificar a ideia de que em Brotas só existem atividades ligadas ao ecoturismo. Sim, porque Brotas é muito mais!

Foto da visão aérea da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo) em Brotas.

Créditos: Divulgação

Faz tempo que ouvimos falar da  Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo) e de suas sessões de observação. Desde então ficamos ansiosos para conhecer. Brotas fica a cerca de 650 Km do Rio de Janeiro e sem uma boa opção de voo para nós, ficávamos sempre à espera de uma oportunidade com dias suficientes para fazer essa viagem.

No Carnaval de 2017, finalmente conseguimos nos programar para conhecer essa que é uma das capitais do ecoturismo nacional e foi uma experiência incrível!

Durante nossos dias em Brotas, tivemos a oportunidade de conhecer a Fundação CEU. Com isso, descobrimos que ela vai muito além de suas incríveis sessões de observação.

Foto da visão da entra da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo) em Brotas.

Créditos: Divulgação

A Fundação possui o maior e mais moderno Centro de Astronomia da América Latina e se dedica também à divulgação de diversas áreas do conhecimento, tais como astronáutica, geologia, biologia e meio ambiente.

No que diz respeito à infraestrutura, a Fundação CEU conta com um grande observatório, equipado com telescópios de última geração que oferecem a oportunidade de observar planetas a milhões de anos luz da terra; anfiteatro para apresentações multimídias; sala de projeção cine-dome (Planetário Digital); caverna cenográfica com efeitos especiais para que os visitantes explorem rochas e fósseis de forma vivencial.

Foto da Caverna cenográfica da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Caverna cenográfica – Créditos: Divulgação

Também está disponível o geo-show: um grande painel interativo e a céu aberto com efeitos especiais para que os visitantes compreendam geologicamente a formação da terra, desde o período pré-cambriano até o quaternário e a base Marcos Pontes, com torre para lançamento de foguetes.

Foto do Painel Geológico na Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Painel Geológico – Créditos: Divulgação

O CEU possui inúmeras atividades que são divididas em sessões Multimídias, de Observação, de Planetário Digital e ciências como Biologia, Geologia, Física e Geografia. Suas atividades abordam todos os ciclos do Ensino Fundamental e grande parte do Ensino Médio, servindo como apoio pedagógico a tais alunos.

Nos dias úteis o CEU costuma receber muitos alunos para tantas atividades que oferecem, como as oficinas interativas em que os alunos viram paleontólogos e analisam diferentes fósseis ou as oficinas em que os alunos coletam rochas de diferentes regiões do Brasil simulando uma verdadeira escavação. Ambas são realizadas em um caverna cenográfica voltada para a geologia e duram cerca de 1h cada uma. Em outra oficina, os alunos visitam uma Estação Meteorológica e, a partir de dados captados na Estação, veem a previsão do tempo para a cidade de Brotas (essa oficina dura 2h). Uma outra que achei bem interessante é a realizada numa base de lançamento de foguetes inaugurada pelo astronauta Marcos Ponte. Imaginem só! Essa oficina dura cerca de 1:15 minutos.

Lançamento de foguetes na Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Foto do centro de lançamento de foguetes da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo) em Brotas

Créditos: Divulgação

Fiquei com vontade de ser criança para poder fazer todas essas atividades oferecidas por eles, mas o jeito foi fazer apenas a sessão de Planetário Digital com a possível Observação Noturna. Sim, digo possível pois essa observação depende do tempo e no nosso caso, infelizmente não pudemos ver nada pois no dia que fomos o céu estava completamente encoberto. Vale reforçar o que nos foi passado durante a visita: Não adianta o céu estar somente com “alguns pedaços encobertos”. O importante é ter o que eles chamam de “céu estável” para a observação. Quando o dia não está propício, eles entregam um ingresso para que você possa voltar lá em outra oportunidade. Ainda tentamos no dia seguinte, mas também estava tudo encoberto de noite. Uma pena… mais um motivo para voltar à Fundação CEU em uma outra ocasião!

Foto do planetário da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo) em Brotas

Créditos: Divulgação

Foto do planetário da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

 

Na entrada, fomos muito bem recepcionados pelo coordenador pedagógico João Paulo, que também introduziu a apresentação dentro do planetário.

É interessante que, assim que entramos no Centro, já nos sentimos imersos em outro ambiente, tamanha foi a preocupação com o cenário, que tem jardim lindo, uma cascata com um rio, uma réplica da Stonehenge (o monumento mais famoso e importante para a astronomia), uma réplica em tamanho real (aproximadamente 5m) do esqueleto de um Alossauro e uma maquete de 20m com o relevo do estado de São Paulo para conhecer seus períodos geológicos em uma outra apresentação.

Foto da visão da entrada da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo) em Brotas.

Vista da entrada do Centro de Estudos do Universo – Créditos: Divulgação

 

Foto de vista durante a noite da entrada da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Vista durante a noite da entrada do Centro de Estudos do Universo

 

Foto da réplica da Stonehenge, de dia

Réplica da Stonehenge – Créditos: Divulgação

 

Foto da réplica da Stonehenge, de noite

Réplica da Stonehenge

 

Foto da réplica de um esqueleto de Alossauro em tamanho real do Centro de Estudos do Universo, durante o dia

Créditos: Divulgação

 

Foto da réplica de um esqueleto de Alossauro em tamanho real da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo), durante a noite

Eu (Oliver) sempre adorei dinossauros!! Ou seja, ver um assim foi incrível!

Antes de iniciar a sessão do Planetário, assistimos ao vídeo Palco Celeste na Sessão Cine Dome (é nessa sala aí da foto abaixo, onde a tela é o teto da sala, mas o vídeo não é o da foto). Ele é muito interessante e apresenta algumas constelações e suas lendas, os planetas do “nosso” sistema solar, eventos astronômicos e outras curiosidades.

Foto da Sessão Cine Dome da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Créditos: Divulgação

O Uma Volta e Meia faz parte do programa de afiliados do Booking, Rental Cars e Seguros Promo. Dessa forma, se você reservar a sua hospedagem, carro ou contratar seu seguro viagem através dos links e banners do blog, como estes abaixo, nós receberemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog e a torná-lo sempre atualizado. 🙂



Booking.com

 

Quer contratar um seguro viagem e ainda ganhar 5% de desconto? Basta usar o código abaixo!



Banner 2

Informações sobre a Observação na Fundação CEU

Programação prevista para céu limpo
21h00 às 21h15 – boas-vindas e instruções para a observação do céu com telescópios;
21h15 às 22h15 – sessão de observação com telescópios;
22h15 às 22h30 – intervalo com Astroshop (loja de souvenirs) e passeio pelas atrações;
22h30 às 23h15 – Sessão Cine Dome “Palco Celeste”;
23h15 – encerramento.

Programação prevista para céu nublado ou chuvoso
21h00 às 21h15 – boas-vindas;
21h15 às 22h15 – Sessão Cine Dome “Palco Celeste”;
22h15 às 22h30 – intervalo com Astroshop (loja de souvenirs) e passeio pelas atrações;
22h30 às 23h15 – apresentação multimídia “Gravidade Zero”;
23h15 – visita ao observatório e encerramento.

Preços

Integral – R$ 64,00
Estudante – R$ 32,00 com apresentação de carteirinha
Melhor Idade – R$ 32,00
Crianças até 04 anos – cortesia

Você pode fazer sua reserva por aqui ou através da maioria das pousadas/hotéis e agências de turismo de Brotas. Outra opção é comprar na própria bilheteria da Fundação CEU, mas cuidado pois o número de pessoas é limitado.

A programação poderá sofrer pequenas alterações devido ao número de vagas reservadas e condições climáticas.

Atenção: eles podem cancelar o atendimento ao publico caso não alcance a quantidade mínima de pessoas. Fiquem de olho.

Foto do Auditório da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Auditório do Centro de Estudos do Universo – Créditos: Divulgação

 

Foto do Domo Ciência, um dos projetos da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Esse é o Domo Ciência, um dos projetos do CEU

Contato da Fundação CEU

Site oficialhttp://www.fundacaoceu.org.br/
Telefone (Brotas): (14) 3653-9995 / (14) 3653-4466
Telefone/fax (São Paulo): (11) 3812-2112
E-mail: ceu@fundacaoceu.org.br

Foto da Visão noturna da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Visão noturna do CEU

 

Foto da Entrada da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo)

Entrada do Centro de Estudos do Universo

Como chegar à Fundação CEU

O CEU fica localizado na Rua Emílio Dalla Déa Filho, s/nº, Portão 4 –  Bairro Campos Elíseos – Brotas, SP, Brasil – América do Sul – Planeta Terra – Via Lactea – Grupo Local (Colocamos o endereço completo para que até os ETs possam também conhecer o CEU)



17 respostas para “Fundação CEU”

  1. Alice disse:

    Fomos para Brotas ha 3 anos , quando ainda não tínhamos filhos. Lembro ter adorado essa cidade voltada ao ecoturismo, poder descer o rio de rafting ( e gravida de alguns meses). Essa cidade tem uma alma diferente, cheia de boa energia. So que não sabia que tinha essa fundação. Sera que abriu ha pouco tempo ?

  2. Renata Telles disse:

    que bacana sua dica, realmente nao fazia ideia da existencia desse lugar em Brotas, estava sempre acostumada a ler materias e posts sobre esportes radicais! muito legal!! obrigada por compartilhar bjs!

  3. Livia Zanon disse:

    Caracaaa que legal!!! Eu adoro astrologia, Ets e tudo que é relacionado a céu e planetas 😀 Fiquei mto curiosa para conhecer esse lugar também!!

  4. Confesso que moro pertinho de Brotas e não sabia que existia essa fundação, fiquei surpreso, irei fazer um bate-volta e conhecer, achei fantástica a estrutura e toda a programação que citou, muito bonito parabéns pelas dicas

  5. raquelalice disse:

    Uaaau, que incrivel esse lugar, Raquel! Não conhecia até ler o seu post (que ficou ótimo), já estou pensando em conhecer Brotas, parece ser super legal.

  6. Luisa Galiza disse:

    Genteee! Estou pasma! Nunca tinha ouvido falar!Sou absolutamente apaixonada pelo universo e definitivamente PRECISO conhecer esse lugar!!!

  7. que vontade de conhecer esse local!!! que maravilha!! amei o dinossauro.. ver as estrelas e o céu é uma sensação inigualável.

  8. fabianaoliv disse:

    Post muito interessante. Moro do lado de brotas e não conheço a CEU. fiquei com vontade.

  9. Livia Melo disse:

    Raquel, que bacana esse post! Realmente eu só tinha visto atividades de aventura e ligadas ao ecoturismo associadas a Brotas, muito interessante saber desse Centro. Adoro esse tipo de programa!!

  10. Que demais! Não tinha noção desse lugar. Adoraria conhecer! Muito bom a sua dica. Parabéns!

  11. marcosbamorim disse:

    Que bacana conhecer este outro lado da cidade de Brotas! O passeio deve ser muito interessante! Obrigado por compartilhar, já irei me programar para visitar.

  12. Caroline Rivera disse:

    Que demais! NUnca tinha ouvido falar, amei a dica desse post.

    A caverna cenográfica deve ser muito top. Adorei tudo, preciso conhecer. Dá mais ou menos quantas horas de viagem?

    Beijos

  13. dhesancho disse:

    cara, eu ia morrer sem saber da existência desse lugar! Muuuito irado! E realmente, é um outro lado de Brotas que eu sequer imaginava que existia rsrs

  14. Não tinha ideia de que existia um centro de astronomia tão moderno em Brotas. Deve ser fantástico poder aproveitar as áreas livres para os turistas.

  15. Tenho alguns amigos em Brotas e eles ja tinha comentado do lugar mas bem superficialmente, eu estive no carnaval de 2016 lá e foi muito bom, adoramos os desfiles muito simples e bem organizado, totalmente família e depois aproveitamos a festa na praça. Na próxima vez que estiver em Brotas vou fazer uma visita a esse projeto. Grande Abraco.

  16. Débora Savaget disse:

    Que demais! Eu adoro Brotas! Já fui duas vezes, já estou pensando em quando vou voltar, mas ainda não sabia desse lugar! Demais! Já está na minha lista para conhecer na próxima ida!

Deixe seu comentário